Notícia da hora

domingo, 2 de abril de 2017

Sport repete 3 a 1 na Ilha do Retiro e elimina Campinense nos pênaltis

O Sport arrancou a classificação para as semifinais da Copa do Nordeste em jogo eletrizante contra o Campinense, na tarde deste domingo (2), na Ilha do Retiro, em Recife, Pernambuco. A vaga foi decidida nos pênaltis, após o placar ficar em 3 a 1 para o time pernambucano, o mesmo conquistado pela Raposa em Campina Grande. Nas cobranças, o Sport levou a melhor, com placar de 4 a 2. Nas semifinais, o Leão pernambucano vai enfrentar o Santa Cruz, também de Pernambuco.

Em menos de 20 minutos de jogo, o Sport neutralizou a vantagem com a qual o time paraibano tinha entrado em campo. Por ter vencido por 3 a 1 em casa, o Campinense podia até perder a partida de volta por um gol de diferença. Mas os donos da Ilha do Retiro marcaram dois com muita rapidez. Rogério abriu o placar aos 3 minutos e Diego Souza aumentou a vantagem aos 17, ambos com a assistência fundamental de Rithely.

Com o contador em 2 a 0 para o Sport, o Campinense já estava diante da desclassificação. O time pernambucano seguiu dominando o jogo, enquanto o Campinense se perdia em passes errados.

As duas equipes voltaram para o segundo tempo sabendo que carregavam grandes responsabilidades. A Raposa deveria fazer um gol e evitar mais êxitos do Sport para garantir a vaga nas semifinais. Já o Leão, embora com o pé na classificação, sabia que não poderia tomar nenhum gol, pois, se isso ocorresse, teria que se desdobrar para marcar mais dois para carimbar o passaporte para a próxima fase ou mais um para levar a disputa aos pênaltis.

E foi o time paraibano quem começou a etapa executando bem sua tarefa. Aos 3 minutos, Fernando Pires bateu com força da entrada da área e deixou o goleiro do Sport sem chances de defesa. Mas o Sport não demorou a responder. Aos 14 minutos, Diego Souza fez 3 a 1, de bicicleta. Depois disso, o Leão botou pressão e por pouco não concretizou sua classificação aos 21 e 22 minutos, em empreitadas de Diego Souza e Rogério. O goleiro Gledson virou um gigante e fez duas ótimas defesas.

A partida seguiu com o Sport tomando a frente na busca pelo gol da vitória, ao passo que o Campinense se via cada vez mais refém de uma remota chance de contra-ataque. A arbitragem deu quatro minutos de acréscimo, mas o tempo não foi suficiente para definir a vaga na próxima fase do Nordestão.

Ronaldo Alves começou a cobrança de pênaltis e fez o primeiro do Sport. Osvaldir foi o primeiro do Campinense a bater e deixou tudo igual. Everton Felipe fez o segundo do Sport. Depois, Reinaldo Alagoano foi para a cobrança e marcou para o Campinense. Reinaldo Lenis fez o terceiro do Sport. Tiago Orobó bateu mal e o goleiro Magrão fez a defesa. Com o Sport em vantagem, Fabrício fez mais um. A vitória do Leão se concretizou com o erro de Joécio, que perdeu o segundo do Campinense e dispensou a necessidade da quinta cobrança dos pênaltis. 
Share:

Curta Prefeitura de Assunção

Dicas de Saúde

O Brasil é destaque aqui