quinta-feira, 18 de maio de 2017

Temer não renuncia: não podemos jogar no lixo tanto trabalho em prol da República

O presidente da República, Michel Temer(PMDB), anunciou na tarde desta quinta feira que não irá renunciar a presidência. Temer também afirmou que não reconhece as gravações feitas pelo dono da JBS, Joesley Batista após classificá-las como clandestinas.

Temer iniciou seu discurso falando que na última quarta-feira(17) o país viveu o melhor e o pior momento do seu mandato, após iniciar o dia com uma queda na recessão o país viu seu governo ser enfraquecido com as gravações feitas pelo empresário.

Ele disse que não pediu que os pagamentos fossem realizados, mas que apenas no dia da ligação ficou sabendo que Cunha estava recebendo o dinheiro. Segundo o presidente os pagamentos foram feitos por vontade própria do empresário que era intimamente ligado à Eduardo Cunha. “Não solicitei que isso acontecesse e somente tive conhecimento desse fato nessa conversa pedida pelo empresário. Repito e ressalto em nenhum momento autorizei que pagassem a quem quer que seja para ficar calado”.


O presidente em seguida afirmou que sempre agiu de forma ética durante toda a sua vida e por isso não necessita de foro privilegiado para se defender. Temer em seguida afirmou de forma enfática que não irá renunciar, pois sabe o que fez e exigiu investigação dos fatos. “Não renunciarei, meu único compromisso é com o Brasil e é só este compromisso que me guiará”,  finalizou.


Share:

São Vicente do Seridó firma parceria com a UFCG

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias