quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Criança morre vítima de calazar em hospital de Campina Grande

Após 13 dias internado, um menino de apenas dois anos morreu no Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC), em Campina Grande, vítima de leishmaniose visceral, doença conhecida como calazar.

A criança havia dado entrada na unidade hospitalar no último dia 2, apresentando sintomas como febre, cansaço, anemia e vômito com sangue.

Três dias depois, ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), não resistiu e faleceu na noite dessa quarta-feira (14), de acordo com a direção do HUAC.

Mas antes de ser internado no HUAC o garotinho havia recebido atendimento médico no Hospital Municipal e Maternidade Caçula Leite, da cidade de Conceição, apresentando os mesmos sintomas.

O quadro dele só se agravava e foi preciso ser transferido para o HUAC, em Campina, onde foi dado o diagnóstico da doença.

A Secretaria Municipal de Saúde de Conceição informou que vai promover uma campanha para fazer testes em animais com o intuito de identificar os cães com suspeita de terem contraído o calazar para impedir a contaminação tomando as providências que forem necessárias.
Share:

Balanço Geral - Correio FM 98.1

Confira os principais destaques do dia!

Escute reportagem especial

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias