Sessão da Câmara Municipal de Salgadinho

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Lira está de malas prontas para deixar o MDB, garantem aliados

O senador Raimundo Lira ainda não tornou oficial a decisão, porém, é dada como certa a saída dele do MDB até o dia 7 de abril. A data é o limite para a mudança de sigla pelas pessoas dispostas a disputar as eleições deste ano. A mudança já ganha destaques nas conversas de lideranças governistas e da oposição. O motivo seria o risco eleitoral de ir para uma disputa tendo o senador José Maranhão, presidente estadual da agremiação, na cabeça da chapa. O parlamentar vinha mantendo entendimentos com a área governista, mas decidiu mudar de ares recentemente. Ele trocou as eventuais reuniões com o governador Ricardo Coutinho (PSD) por uma aproximação mais firme com o bloco das oposições.

Entre tucanos e pessedistas, Raimundo Lira é visto como player para a disputa por uma vaga de senador na chapa das oposições. No cenário de uma chapa que poderá ser encabeçada pelos prefeitos de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), ou de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), a presença dele é tida como certa. Os candidatos previstos para o Senado pelo campo oposicionista são justamente Cássio Cunha Lima e Raimundo Lira, ambos tentando a reeleição. Esta é uma chapa praticamente alinhavada. Agora, para ela se tornar viável, o entendimento é o de que Lira deverá ser deixar o MDB. O cenário está sendo trabalhado justamente pelo fato de o José Maranhão não abrir mão da disputa.

Lira chegou a manifestar o desejo de votar em José Maranhão no início do ano, caso o emedebista mantivesse a disposição de disputar a eleição. As declarações foram dadas, inclusive, durante entrevista à rádio CBN João Pessoa. A ideia, no entanto, foi perdendo força ao longo deste mês. Primeiro o parlamentar buscou o afastamento do campo governista. Apesar da boa relação com Ricardo Coutinho, os elogios do governador a Veneziano Vital do Rêgo (MDB) tiraram de Lira as esperanças de apoio. O abrigo veio da oposição, com reuniões e declarações do parlamentar de que pretende disputar no campo oposicionista.

O tema foi um dos vários que dominaram as rodas de conversas políticas durante o bloco Tambiá Folia, que tem o presidente da Câmara de João Pessoa, Marcos Vinícius (PSDB), como um dos organizadores.
Share:

Chamada Escolar

Chamada Escolar

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias