sexta-feira, 25 de maio de 2018

Caminhoneiros na PB chegam ao 5º dia de greve apesar de proposta do governo

A paralisação dos caminheiros chegou ao 5º dia na Paraíba, nesta sexta-feira (25). Mesmo após uma proposta do Governo Federal, anunciada nesta quinta-feira (24), a categoria permanece com a greve em pelo menos catorze pontos de interdições em rodovias da Paraíba. De acordo com Hemerson Galdino, presidente do Sindicato de Motoristas de Entregas do Estado da Paraíba, manter a redução de 10% é insignificante.

A mobilização acontece desde segunda-feira (21) por conta da alta nos preços dos combustíveis. Os caminhões que abastecem os postos de combustíveis estão parados no Porto de Cabedelo, em protesto. Em geral, os trechos são interditados com caminhões e apenas carros de passeio estão sendo liberados. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), todas as interdições são parciais.

De acordo com os caminhoneiros, a categoria reivindica, principalmente, a redução no preço do óleo diesel. Além disso, pedem o aumento no valor do frete, melhorias nas condições de trabalho e a extinção do pedágio nas rodovias estaduais.

Confira os pontos de interdições nas rodoviais federais da PB nesta sexta-feira(25/05):

BR-230 (km 3), em Cabedelo
BR-101 (km 89), em João Pessoa
BR-230 (km 403), em Pombal
BR-230 (km 35), em Bayeux
BR-230 (km 153), em Campina Grande
BR-230 (km 143), em Campina Grande
BR-230 (km 165), em Campina Grande
BR-230 (km 146), em Campina Grande
BR-230 (km 213), em Soledade, no Cariri
BR-230 (km 119), em Riachão de Bacamarte
BR-230 (km 123), em Riachão de Bacamarte
BR-412 (km 18), em Boa Vista, no Agreste
BR-412 (km 145), em Monteiro, no Cariri
BR-104 (km 118), em Lagoa Seca, no Agreste
Com G1PB
Share:

Escute reportagem especial

Extra

Maranhão se diz disposto a unir Oposição

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias