domingo, 27 de maio de 2018

Romero decreta estado de alerta e pede solidariedade da população ante a crise

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, em razão das consequências da  paralisação dos caminhoneiros, decretou estado de alerta e se dirigiu à população campinense pedindo compreensão para enfrentar  crise de desabastecimento de combustível.

Em vídeo gravado, Romero informou que por contado desabastecimento, a frota de transportes públicos funcionará em com 50%  neste sábado, 26, sendo que no domingo, 27, a população não vai contar com este tipo de  transporte.

Explicou Romero que se trata de uma tentativa de, na segunda-feira, voltar a ter novamente 50% da frota circulando e enquanto tenta combustível. Outra preocupação do prefeito de Campina Grande é com relação à limpeza pública, como ele explica:

– A nossa preocupação ainda maior é que nós so teremos óleo diesel para permitir a limpeza urbana da cidade, durante este final de semana. Na segunda-feira,  já não teremos limpeza urbana.  Por isso, pedimos toda solidariedade do povo campinense para aguardar uma nova informação da Prefeitura Municipal de Campina Grande,  antes de colocar o lixo na rua”, acentuou.

Ele explicou que o pedido de não  recolhimento do lixo à via pública se faz necessário, porque trata-se de uma ação que foge ao controle da administração municipal. “O que é possível fazer nós estamos fazendo, daí pedir a todos a compreensão e solidariedade neste momento critico”, concluiu.
Share:

Escute reportagem especial

Extra

Maranhão se diz disposto a unir Oposição

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias