domingo, 27 de maio de 2018

Temer anuncia redução de 46 centavos no litro do diesel e espera fim da greve

O governo federal cedeu e decidiu congelar por 60 dias a redução do preço do diesel na bomba em R$ 0,46 por litro. 

A proposta foi anunciada na noite deste domingo (27), pelo presidente Michel Temer, que fez um pronunciamento depois de um dia inteiro de negociações no Palácio do Planalto. 

Isso significa, segundo o presidente, zerar as alíquotas da Cide e do PIS/Cofins. 

Os representantes dos caminhoneiros autônomos não aceitaram o congelamento do diesel por apenas 30 dias, como havia sido inicialmente proposto. O governo federal concordou ainda em eliminar a cobrança do pedágio dos eixos suspensos dos caminhões em todo o país, além de estabelecer um valor mínimo para o frete rodoviário. Essas determinações deverão constar em medidas provisórias a serem publicadas em edição extra no Diário Oficial da União. A expectativa do Palácio do Planalto é que a paralisação,  termine logo.


Panelaços e vaias

Durante o pronunciamento de Temer pela televisão, várias cidades do país registraram manifestações como panelaços, apitaços e gritos de "Fora, Temer!" No Rio de Janeiro, por exemplo, houve registros na Urca, Laranjeiras, Botafogo e Copacabana.

Com Agência Brasil 
Share:

Escute reportagem especial

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias