terça-feira, 14 de agosto de 2018

Durante debate, Tárcio Teixeira questiona salário do candidato do PSB

Durante o embate final entre os candidatos do PSB, João Azevêdo, e do PSOL, Tárcio Teixeira, no primeiro debate político dessa campanha, promovido pela TV Arapuan, referente às eleições 2018, o candidato do ´Socialismo e Liberdade´ acusou o candidato apoiado pelo governador Ricardo Coutinho de ter um supersalário mensal de R$ 45 mil.

Segundo Tárcio, enquanto o ex-secretário recebia esse valor, os servidores do Estado não teriam conseguido dialogar com o governador por melhorias salariais.

No embate, Tárcio ainda disse que João Azevêdo teria cinco salários e que os dados estavam registrados no Tribunal de Contas do Estado.

Em resposta, Azevêdo disse que tem salário de professor e foi engenheiro por mais de 35 anos e que teve direito de se aposentar.

Pegando o mote, Teixeira disse que infelizmente muitos trabalhadores brasileiros não vão conseguir a aposentadoria devido às mudanças na legislação trabalhista. Ele citou aliados de João por terem votado na proposta do governo federal de mudanças contra o trabalhador.

– Infelizmente, alguns parceiros seus, como Efraim Filho e Wilson Filho (deputados) não querem que o povo se aposente, porque esses golpistas, como Veneziano, aliados do seu governo, votaram contra o povo – bradou o postulante do PSOL.

*Com informações do Debate da TV Arapuan
Share:

Balanço Geral - Correio FM 98.1

Confira os principais destaques do dia!

Escute reportagem especial

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias