Extra

MEC divulga gabarito oficial do ENEM

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

FABIANO NÃO DEU MOTIVOS PARA PREVENTIVA: Advogados do radialista protocolam pedido de revogação da prisão

O advogado do radialista Fabiano Gomes, preso nesta quarta-feira (22) por corrupção na Prefeitura de Cabedelo, Rembrandt Asfora auxiliado pelo advogado Sheyner Asfora, protocolaram um pedido de revogação da prisão preventiva junto ao desembargador João Benedito.

Sheyner afirmou que o desembargador não poderia ter decretado a prisão preventiva sem antes ouvir o processado.

“Fizemos um pedido de revogação da prisão preventiva. entendendo que o desembargador não poderia ter decretado a prisão preventiva sem antes ouvi-lo. Ele alega um descumprimento do não comparecimento ao judiciário para assinar o que de fato ocorreu que seria do dia 1 ao dia 10, e em razão de uma série de motivos, esquecimentos, atualmente ele (Fabiano), estava à base de medicamentos,estava visitando psicólogos e psiquiatra. Quanto a isso se deu uma confusão mental e ele não apareceu entre esses dias, mas nem por isso se poderia decretar a prisão preventiva, o desembargador deveria ouvi-lo antes, pedir uma justificativa para só então, se fosse o caso, decretar a prisão preventiva, ocorreu essa nulidade, ele simplesmente decretou e de ofício sem antes ouvi-lo. Rembrandt foi diretamente conversar com o desembargador e ele foi receptivo com o pedido, disse que primeiro iria ouvir o Ministério Público, dando vistas, para só então decidir”.

Sheyner destacou ainda que, ‘acredito que até a próxima terça-feira tenha uma decisão positiva, restabelecendo as medidas cautelares. É nesse sentido que estamos atuando’.

Ele explicou que o desembargador remeterá o processo ao Ministério Público para então apreciar o pleito. “O processo ainda não foi ao MP, porque a audiência de custódia será só nesta quinta-feira (23). Passada a audiência, abre-se vistas ao MP”.
Share:

Balanço Geral - Correio FM 98.1

Confira os principais destaques do dia!

Escute reportagem especial

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias