quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Radialista é preso pela Polícia Federal suspeito de fraudes em Cabedelo

O radialista e empresário Fabiano Gomes foi preso, nesta quarta-feira (22), em decorrência das investigações da Operação Xeque-Mate, que apura desvios de dinheiro público e fraudes na administração do Município de Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa. Ele foi conduzido para a sede da Polícia Federal no início da manhã, por força de mandado de prisão preventiva. A ordem judicial, expedida pelo desembargador João Benedito, do Tribunal de Justiça da Paraíba, aconteceu após descumprimento de medida cautelar.

“Uma das medidas cautelares determina que Fabiano compareça, uma vez por mês, para assinar documentos na Justiça. Neste mês de agosto, por conta de dias de atraso no comparecimento, a Justiça compreendeu o ato como desobediência”, justificou o advogado de Fabiano Gomes, Rembrandt Asfora, em comunicado à imprensa.

A defesa do radialista ainda alegou que “em nenhum momento Fabiano Gomes se esquivou, por descaso, como fundamentado na decisão judicial, de cumprir as medidas cautelares a ele aplicadas, tendo inclusive se apresentado espontaneamente ao Ministério Público para prestar suas declarações no início da operação, tornando-se oportuno destacar que ele vem as cumprido rigorosamente”.

A assessoria de comunicação da Polícia Federal informou que Fabiano Gomes deve passar por audiência de custódia ainda nesta quarta-feira.
Share:

Balanço Geral - Correio FM 98.1

Confira os principais destaques do dia!

Escute reportagem especial

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias