quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Um em cada cinco homens e uma em cada seis mulheres terá câncer

Um em cada cinco homens e uma em cada seis mulheres terá câncer ao longo da vida. A informação é da pesquisa Globocan 2018, realizado pela Agência Internacional para a Pesquisa do Câncer (Iarc, na sigla em inglês), e chama atenção neste Dia Nacional de Combate ao Câncer, 27 de novembro, sobre a necessidade da prevenção, diagnóstico precoce e melhoria na qualidade de tratamento da doença.

A pesquisa revelou ainda que este ano, 18,1 milhões de casos de câncer serão diagnosticados, enquanto 9,6 milhões de pessoas morrerão por causa dele. Na última vez que esse levantamento havia sido realizado – em 2012 –, foram contabilizados 14,1 milhões de novos casos e 8,2 milhões de falecimentos. Revelando um aumento de 28% na quantidade de diagnósticos e de 17% na de óbitos.

O quadro se revela ainda pior para os próximos anos: segundo o Instituto, se medidas efetivas para o controle do problema não forem tomadas ou ao menos reforçadas, a previsão é que haja uma explosão de 63% no número de episódios e de 70% no de mortes até 2040.

O presidente da Frente Parlamentar de Combate ao Câncer, Bruno Cunha Lima (SD), lembra da Corrida do Bem, que acontece no dia 9 de dezembro, em João Pessoa, criada com essa finalidade.

“Foi com o objetivo de melhorar o atendimento às pessoas acometidas com a doença e alertar para a importância da prevenção no Estado que a Frente Parlamentar de Combate ao Câncer criou a Corrida do Bem. Através da mobilização da sociedade, com a prática esportiva, nós podemos discutir e dar visibilidade ao assunto e contribuir com os hospitais filantrópicos que tratam a doença”, comentou Bruno.

Corrida do Bem
A segunda edição da ‘Corrida do Bem’, em João Pessoa, correrá no dia 9 de dezembro, a partir das 6h, com partida do Busto de Tamandaré até os bairros de Manaíra e Bessa, com percursos de 5 km e 10 km de corrida e 3 km de caminhada.  As inscrições estão abertas e devem ser realizadas por meio do site. Os kits, contendo camisa, bolsa, viseira e chip, podem ser adquiridos pelo preço de R$ 70. Os recursos serão revertidos para a compra de medicamentos que são utilizados nos tratamentos quimioterápicos realizados no Hospital Napoleão Laureano.
Share:

Balanço Geral - Correio FM 98.1

Confira os principais destaques do dia!

Escute reportagem especial

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias