Não há motivos para pânico após malária, diz gestão de Conde

A cidade de Conde, localizada na Grande João Pessoa, é um dos destinos mais procurados pelos turistas no estado. No início de abril, porém, o anúncio de que moradores contraíram malária no município repercutiu diretamente no comércio e turismo locais. A prefeita Márcia Lucena garantiu, no entanto, que tudo já foi solucionado e não há motivos para pânico.

A gestora disse ao Portal Correio que um dos motivos para essa desaceleração no comércio foi a forma como a notícia se propagou, principalmente nas redes sociais, por meio de ‘fake news’ (notícias falsas).

Segundo Márcia, a prefeitura não tem como impedir que notícias com conteúdo falso sejam divulgadas, mas adiantou que tudo que estava ao alcance do poder público foi e continua sendo feito. “Quando tínhamos apenas dois casos suspeitos de malária, víamos que alguns lugares noticiavam que estávamos com 60”, recordou.

Outra causa apontada pela gestora para o desempenho abaixo do esperado é a política adotada pelo Governo Federal com cortes em áreas essenciais, como saúde e educação. “O número de desempregados vem subindo. Eesses desempregados, vão fazer turismo? O reflexo dos turistas que deixam de frequentar nossa cidade não são sentidos apenas em Conde, mas em todo o estado”, destacou.

Márcia Lucena citou o esforço feito, desde o início do ano, junto ao Sebrae na formação em área de turismo. Ela lembrou a ação desenvolvida junto a uma companhia área, por exemplo, para divulgar Conde como destino turístico para vários lugares do país.

Apesar das ações da prefeitura, Márcia disse que a iniciativa privada também precisa fazer sua parte. Ela lembrou que a participação desse segmento é de fundamental importância para que a prefeitura identifique as necessidades e possa viabilizar as soluções.

“Não existe abandono, pelo contrário, fizemos absolutamente tudo o que está ao alcance do poder público. É preciso que o comerciante participe, sugira, para que possamos assumirmos juntos as responsabilidades e encontrarmos as alternativas que eles precisam”, disse.

Capacitação da Saúde
A prefeita disse que a saúde local já está totalmente treinada para fazer os testes rápidos e realizar o eventual tratamento no próprio município. “Estamos de domingo a domingo com nossas equipes realizando os testes, e ao primeiro sinal dos indícios de gripe, as providências já são tomadas”, arrematou.
Reactions