sexta-feira, 28 de junho de 2019

Cruz Vermelha sai de cena e nova OS vai gerenciar Trauma de João Pessoa

A Organização Social Cruz Vermelha – estopim para a deflagração da Operação Calvário na Paraíba – vai sair de cena a partir de segunda-feira (1º) quando uma nova OS passará a gerenciar o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. São duas a disputar o controle de um dos maiores hospitais do estado, de acordo com o secretário Geraldo Medeiros. O Instituto Acqua e a Santa Casa de Misericórdia de Birigui, ambas de São Paulo.

O contrato a ser firmado com a OS vencedora do processo será em caráter emergencial e, por isso, durará por seis meses apenas. Após esse prazo, uma nova escolha será feita de forma definitiva. “A partir de segunda teremos uma nova gestão e um novo modelo gerencial. Tem duas OS habilitadas e estão fazendo a propostas, que está sendo avaliada para que uma delas seja escolhida para gerenciar de forma emergencial”, explicou Geraldo Medeiros durante entrevista concedida ao Programa Correio Debate, da Rádio Correio Sat/98 FM.

A mudança, entretanto, estaria causando desconforto entre servidores e fornecedores, pela incerteza do recebimento de seus proventos. Porém, o secretário deixou bem claro que não é necessário haver essa preocupação e que todos serão pagos pelos seus serviços prestados.

“Esse é um governo que a população sabe que não engana ninguém. Tivemos problemas com OS em Patos, em Taperoá, mas todos os servidores receberam após negociação e o mesmo acontecerá com o Trauma. Os servidores e fornecedores vão receber. Já temos disponível o numerário para esse pagamento. Durante esse período de intervenção que foi feito no hospital, fizemos essa reserva para fazer o pagamento de dívidas trabalhistas”, ressaltou o secretário.

Alerta
Geraldo Medeiros assegurou, ainda, que todos os cuidados estão sendo tomados para que a Organização Social que vier a vencer o processo para gerir o Trauma esteja habilitada para isso. “Não é só menor preço. É preciso de uma análise técnica que passará por todos os órgãos de controle. Temos recebido alertas do Tribunal de Contas e estamos vigilantes para que seja escolhida a OS mais habilitada”, enfatizou.
Share:

Balanço Geral - Correio FM 98.1

Confira os principais destaques do dia!

Escute reportagem especial

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias