24 de julho, quarta-feira Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado.

O governo anuncia a liberação do FGTS após Guedes confirmar que haverá saques anuais. O objetivo é injetar R$ 28 bi agora para estimular a economia. Bolsonaro recebe pela 2ª vez candidato à PGR que não integra lista tríplice. A Petrobras vende o controle da BR Distribuidora por R$ 9,6 bilhões. Ambientalista criticam nova regra da Anvisa que libera rótulo mais brando para pesticidas altamente tóxicos. No Reino Unido, o conservador Boris Johnson toma posse como premiê.

BR Distribuidora

A Petrobras vendeu 35% das ações da BR Distribuidora por R$ 9,6 bilhões e, com isso, passa a deter somente 37% das ações da subsidiária responsável pela distribuição de combustíveis. Agora, o capital privado passa a ser majoritário e a controlar a companhia.

Saques no FGTS

O governo vai liberar todos os anos saques de contas ativas e inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O plano deve ser oficializado hoje. O G1 vai acompanhar, detalhar a liberação de saques, explicar quem tem direito e como sacar, além de fazer a repercussão.

PGR

Jair Bolsonaro recebeu ontem à noite o subprocurador-geral da República Augusto Aras, candidato ao cargo de procurador-geral da República. Ele não integra a lista tríplice com as indicações para o cargo. A atual procuradora-geral, Raquel Dodge, cujo mandato acaba em setembro, não disputou vaga, mas já se disse "à disposição". O encontro não constou da agenda oficial.

O presidente não é obrigado a indicar um dos integrantes da lista. Nos dois mandatos de Luiz Inácio Lula da Silva e também nos dois de Dilma Rousseff, o escolhido foi o primeiro da lista.

Esta é a segunda vez que Augusto Aras se reúne com Bolsonaro. A primeira aconteceu no fim de maio, antes mesmo de o presidente receber a lista tríplice.

Chuvas no Grande Recife



As chuvas que atingem a Região Metropolitana do Recife desde a madrugada de hoje causaram mortes, derrubaram barreiras e alagaram diversos pontos da capital e de outras cidades. Deve continuar chovendo nesta quarta.

Suspeita de fraude
O Ministério Público de São Paulo investiga fraude em dois concursos para a Polícia Civil e instaurou um inquérito civil para apurar denúncias de irregularidades. Há indícios de vazamento nas provas para escrivão e investigador de polícia. O G1 teve acesso a conversas em grupos de concurseiros. Os candidatos falam sobre o vazamento de informações pessoais dos inscritos e relatam favorecimento a alguns candidatos durante a fase oral do concurso.

Agrotóxicos: mais detalhes, menos caveiras

O novo marco regulatório para a avaliação de risco de agrotóxicos muda o jeito de classificar esses produtos. Isso vai aparecer nas embalagens dos pesticidas e servir para orientar os agricultores na hora de usá-los. A Anvisa diz que o novo critério segue um padrão internacional e é mais restritivo. Mas admite que, pelo novo método, produtos que atualmente são considerados muito tóxicos poderão ter uma classificação mais branda. Ambientalistas criticam.

Dos 2.201 agrotóxicos registrados no Brasil que estão no mercado, a Anvisa já recebeu dados para reclassificação de risco de 1.981 produtos.
Reactions