Cássio revela “asco” da Justiça Eleitoral da PB

Em seu perfil no Instagram, o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) fez um desabafo contundente na tarde desta sexta-feira, 12 de julho.  Um dia depois do início do julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral que apurava irregularidades no programa Empreender-PB, o tucano disse ter “asco” da Justiça Eleitoral paraibana.

A Aije foi impetrada em 2014 e apontava abuso de poder político e econômico na liberação de empréstimos do Empreender em benefício da candidatura à reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB).

Em um julgamento que se estendeu das 14h até pouco depois da meia-noite, apenas o voto do relator, José Ricardo Porto, foi anunciado. Ele admitiu haver falhas no programa, mas descartou a existência de crime Eleitoral. Um pedido de vista do juiz Antonio Carneiro Paiva interrompeu a apreciação que será retomada na próxima semana.



Reactions