sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Lideranças discutem projeto do deputado Moacir Rodrigues que pretende perenizar Rio Taperoá

Lideranças de situação e oposição em Taperoá estiveram como há muito não se via reunidos num mesmo lugar discutindo com o deputado estadual Moacir Rodrigues um projeto de sua autoria. Trata-se do Ramal do Cariri, que pretende levar água da Transposição, a partir do açude São José em Monteiro, para o município de Taperoá perenizando o Rio e por consequência o açude Manuel Marcionilo.

O projeto segundo o deputado Moacir Rodrigues é bastante viável, pois a água pode percorrer diversas cidades por gravidade, o que barateia em muito a execução da obra. Segundo a ideia original, o Ramal do Cariri sai de Monteiro e passa pelos municípios de Prata, Amparo, Livramento e chega por fim a Taperoá. Há ainda ramificações que levam água para o Açude de Sumé e os mananciais de Serra Branca e São José dos Cordeiros.

Para o parlamentar, esse projeto pode ser a redenção do Cariri, pois a água da transposição atualmente é privilégio apenas das cidades que margeiam o Rio Paraíba. Com o outro grande rio do Cariri perenizado, toda a região passa a ser atendida com a água da Transposição, seja para o consumo humano, seja para a geração de emprego e renda a partir da agricultura e outras atividades econômicas.

A audiência pública contou com a presença do prefeito de Taperoá, Jurandi Gouveia, o vice-prefeito Júnior de Preto, o presidente da Câmara, Birino, e todos os vereadores do município e representantes de cidades vizinhas, o ex-candidato a prefeito George Farias e a população em geral.



Todos os líderes foram unânimes em defender o projeto e parabenizar o deputado e a Câmara de Taperoá por oportunizar um espaço para discussão de tão importante projeto. O deputado destacou ao fim que vai articular um encontro dos prefeitos do Cariri com o presidente Bolsonaro em sua passagem pela Paraíba, para defender a realização do estudo de viabilidade do projeto.

Com De Olho no Cariri
Share:

Escute reportagem especial

Curta nosso trabalho no facebook