Romero Rodrigues denuncia que teve número de celular clonado

O prefeito Romero Rodrigues disse nesta quarta-feira (7) que teve o número de celular clonado. O gestor ainda não sabe se contatos da agenda dele caíram em algum golpe.

O criminoso teria apresentado uma conta corrente no Banco Votorantim e solicitando pelo WhatsApp o pagamento no valor de R$ 80 mil. Segundo levantamento feito pelo prefeito de Campina Grande, o fato de não conseguir contatos com secretários e pessoas do convívio nos últimos dias, pela linha telefônica clonada, levantou suspeitas.

O prefeito registrou boletim de ocorrência na Central de Polícia em Campina Grande para que o caso seja investigado pelas autoridades.

Recentemente, pelo menos três políticos da Paraíba tiveram problemas com supostos golpes aplicados pelo WhastApp.
Reactions