Intimidações e ameaças contra comunidade quilombola no Sertão da PB são investigadas

Moradores do quilombo Fonseca, em Manaíra, Sertão da Paraíba, podem estar sendo vítimas de ameaças de morte e intimidações, de acordo com o Ministério Público Federal. O órgão e as secretarias da Segurança e Mulher e Diversidade Humana definiram um plano de ação em defesa da comunidade.
O MPF, junto às secretarias da Segurança e Defesa Social e da Mulher e da Diversidade Humana, além da Polícia Civil, definiram um plano de proteção à comunidade.
O quilombo, formado por aproximadamente 280 pessoas, incluindo 72 crianças 19 idosos, terá uma medida de proteção imediata, com policiamento preventivo reforçado pela Polícia Militar. Já a Polícia Civil, de acordo com o secretário de segurança Jean Nunes, irá abrir investigação sobre as denúncias.

G1 Paraíba
Reactions