Secretaria de Saúde de lagoa seca discute sobre o novo financiamento do SUS e repasse de verbas federais para o município


A Secretaria de Saúde promoveu no dia 18 de fevereiro um encontro entre profissionais da área para apresentar a portaria do programa Previne Brasil, datada de novembro de 2019, um novo modelo de financiamento que determina, entre outros pontos, que o cálculo do repasse de recursos federais para a Atenção Primária à Saúde levará em conta o número de pessoas cadastradas no serviço municipal de saúde, a melhora das condições de saúde da população e a adesão a programas estratégicos, como o “Saúde Bucal”.
Ainda segundo a portaria, o cálculo para a definição dos incentivos financeiros terá como base o quantitativo da população cadastrada, com atribuição de peso por pessoa, considerando os critérios de vulnerabilidade socioeconômica, perfil demográfico e classificação geográfica.
A equipe da Secretaria de Saúde do município lembra que o recadastramento está sendo feito por agentes de saúde até o dia 17 de abril e que a população fique atenta para a realização do mesmo, o que evitará que a cidade perca repasse de verba federal para o SUS.

Reactions