Exército e Dnit assinam termo para retomada de obras de triplicação na BR-230, na Paraíba

As obras de triplicação da BR-230, em Cabedelo, na região metropolitana de João Pessoa, serão retomadas. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e o Exército Brasileiro assinaram, nesta quarta-feira (29), o Termo de Execução Descentralizada (TED) para retorno dos serviços no local.

Os trabalhos, que estão paralisados desde 2019, serão retomados no trecho localizado entre os quilômetros 2 e 10 da rodovia. A execução da obra ficará sob supervisão e gestão militar do 1º Grupamento de Engenharia do Exército Brasileiro, localizado em João Pessoa.

Já a execução dos serviços será feita por equipes do 1º Batalhão de Engenharia de Construção (1º BEC), situado em Caicó, no Rio Grande do Norte. Ao Dnit caberá a fiscalização técnica da obra e gestão conjunta do TED.

Ainda devem ser realizados serviços como a conclusão da terceira faixa de rolamento nas pistas principais, pistas marginais, quatro viadutos, retornos e passarelas. As mudanças serão feitas para proporcionar uma melhor mobilidade entre as cidades de João Pessoa e Cabedelo.

A entrega da ordem de serviço ao Exército e o início dos trabalhos estão previstos para a próxima semana.

Projeto inicial
A triplicação da rodovia BR-230 no trecho entre a cidade de Cabedelo e o Viaduto de Oitizeiro foi iniciada em março de 2017. A construção estava orçada inicialmente em mais de R$ 255 milhões. Ela se estende por cerca de 28 km e, além da triplicação, previa a construção de 13 viadutos e reforma de outros três.

Além das novas faixas e dos viadutos, o projeto contemplaria a construção de 14 passarelas para pedestres ao longo dos 28 km do trecho contemplado. Com o alargamento da rodovia, os viadutos de Manaíra, UFPB e Cristo também seriam ampliados para acomodar as novas faixas.

G1 PB
Reactions