EM DESTAQUE

Comissária sobrevivente defende piloto: "Morreu como herói"

A comissária de bordo sobrevivente do voo com o time da Chapecoense, Ximena Suárez Otterburg saiu em defesa do piloto Miguel Quiroga, que ...

Rádio Online

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

OPAS/OMS propõe lista com cinco dicas de preparo saudável de alimentos para ceias de fim de ano

Com a proximidade das festas de final de ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) realizaram uma lista nesta segunda-feira (21) com cinco formas de preparar o banquete de natal e ano novo de forma segura e saudável para as famílias.

As medidas são: manter a higiene com mãos, utensílios e superfícies limpas; separar os alimentos crus dos cozidos; cozinhar totalmente a comida; manter os alimentos em temperaturas adequadas e usar água – potável ou tratada – e ingredientes seguros.

Segundo a OPAS/OMS, diariamente, mais de 210 mil pessoas ficam doentes por conta do uso inadequado de alimentos nas Américas. Mais da metade dos enfermos são crianças menores de cinco anos – com estimativa de cerca de 35 milhões de meninos e meninas doentes nesta faixa etária por ano. Além deles, os mais vulneráveis às doenças relacionadas à alimentação são mulheres grávidas, pessoas com baixa imunidade e idosos.

Nas celebrações de final de ano, os riscos deste tipo de doença podem aumentar por conta da refrigeração inapropriada da comida ou sua má preparação, já que geralmente são cozinhados alimentos em grande quantidade e com antecedência, segundo as agências da ONU.

Os alimentos consumidos nas casas são responsáveis por cerca de um terço do surgimento de enfermidades transmitidas na alimentação. Os sintomas das possíveis doenças podem surgir cerca de 30 minutos depois de ingerir a comida ou após duas semanas.

O passo a passo das medidas:

Use água e alimentos seguros:
A água deve ser potável ou tratada e os alimentos frescos. Escolha alimentos processados por segurança, como leite pasteurizado; lave frutas e verduras, principalmente se forem ingeridas cruas, e não coma nada fora da validade.

Mantenha as mãos, utensílios e superfícies limpas:
Além de lavar as mãos antes e durante a preparação da comida, lave depois de ir ao banheiro. Limpe as áreas da cozinha e proteja o ambiente de insetos, roedores e outros animais.

Cozinhe bem os alimentos:
Especialmente carnes, ovos, frango e frutos do mar; no caso de sopas e cozidos, espere fervilhar. Em relação a carnes e aves domésticas, seu suco deve ser claro, e não rosado; escalde completamente a comida cozinhada.

Mantenha os alimentos em temperatura adequada:
Não deixe alimentos cozidos em temperatura ambiente por mais de duas horas; refrigere imediatamente os alimentos cozinhados e perecíveis – de preferência abaixo de 5ºC -; mantenha a comida bem quente – a mais de 60ºC – até o momento de servir; não guarde comida por muito tempo no frigorífico e não descongele alimentos congelados em temperatura ambiente.

Separe alimentos crus dos cozidos:

Faça isso especialmente no caso de carnes e peixes crus; utilize diferentes utensílios, como facas e tábuas, no preparo de comidas cruas e cozidas; armazene os alimentos em recipientes para evitar que fiquem juntos.
Proxima Anterior Inicio