Secretários investigados em operação são exonerados em CG

O prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSD) recebeu, no início da tarde desta sexta-feira (26), cartas dos secretários Paulo Roberto Diniz (Administração) e Iolanda Barbosa (Educação), colocando os cargos à disposição. Romero acatou os pedidos. Os dois são investigados na operação Famintos, da Polícia Federal junto com outros órgãos, que apura fraudes na merenda escolar no município.

No caso específico da Educação, o prefeito de Campina Grande disse que, desde essa quinta-feira (25), já havia tomado providências para a gestão da Secretaria ficar sob a responsabilidade interina do secretário executivo Gildo Silveira, a quem delegou a missão de manter o ritmo administrativo da Pasta.

Em relação à Secretaria de Administração, o prefeito disse que a indicação do nome do titular que substituirá Paulo Diniz não vai demorar. Ele avalia alternativas que se encaixem no “perfil de excelência técnica do ex-secretário” e acredita que essa solução terá rápido desfecho.

Apesar de aceitar a exoneração dos dois, Romero lamentou o caso e defendeu os ex-secretários, alegando que acredita na inocência deles e os agradeceu pelos serviços prestados por mais de sete anos à cidade. “Excelência no desempenho, dedicação extrema e resultados objetivos inquestionáveis”, disse o prefeito.
Reactions