Entrega de casas do complexo Aluízio Campos, em Campina Grande, é adiada pela segunda vez

A Prefeitura de Campina Grande adiou pela segunda vez a entrega das casas do complexo habitacional Aluízio Campos. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (23) pelo prefeito Romero Rodrigues. Conforme o gestor municipal, após entendimentos com o Ministério do Desenvolvimento Regional e o Banco do Brasil, parceiros na obra, a entrega das 4.100 casas e apartamentos do complexo foi adiada para o dia 11 de novembro.
Esta é a segunda vez que a entrega do complexo Aluízio Campos é adiada pela prefeitura. De início, os imóveis iriam ser entregues no dia 11 de outubro, com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PSL). A inauguração foi então adiada por entraves burocráticos e a entrega aconteceria nesta sexta-feira (25).
O prefeito explicou que a entrega do complexo nesta sexta-feira (25) não será possível por questões operacionais referentes ao envio a Campina Grande dos contratos de 1.088 apartamentos, o que impede que a entrega oficial aconteça ainda esta semana. Os contratos são preparados em São Paulo, pelo Banco do Brasil, que os envia para Campina Grande.
Ainda segundo Romero Rodrigues, com a conclusão do processo de assinaturas dos contratos por parte dos mutuários das casas, não haveria sentido em não entregar também, por questões burocráticas que independem da Prefeitura, os apartamentos no mesmo dia da inauguração.

Entrega do complexo adiada pela 2ª vez

A entrega das casas do complexo habitacional Aluízio Campos, que aconteceria no dia 11 de outubro, foi adiada pela primeira vez para o dia 25 de outubro. O prefeito Romero Rodrigues informou por meio de um vídeo publicado em sua rede social que a inauguração foi adiada devido ao grande volume de documentos que precisam ser assinados pelos moradores.
Na justificativa para o adiamento da entrega das casas, Romero Rodrigues falou que o grande volume de páginas a serem assinadas pelos beneficiários do complexo habitacional iria demandar um tempo muito grande.


G1 Paraíba
Reactions