MPPB apresenta denúncia apontando conselheiros do TCE que teriam função de encobrir ações criminosas

Na última segunda-feira(13) o Ministério Público da Paraíba(MPPB) protocolou sua sexta denúncia com base nas informações obtidas através das investigações da Operação Calvário. O Gaeco e a Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e a Improbidade Administrativa (Ccrimp) acusaram 35 nomes de formarem uma organização criminosa voltada a lavagem de dinheiro. Segundo a denúncia, membros do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) atuavam para encobrirem as práticas da organização criminosas comandada pelo ex-governador Ricardo Coutinho.
A origem da denúncia foi uma série de julgamentos feitos pelo TCE-PB nos quais os contratos da Cruz Vermelha e do Ipcep foram considerados regulares, apesar dos relatórios da auditoria terem apontado o contrário. Entre 2011 e 2018, vários relatórios e denúncias apresentadas pelo Ministério Público de Contas foram desconsideradas pelo colegiado.

Polêmica Paraíba

Reactions