segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Paraíba é terceiro estado do país onde mais se mata negros

Um jovem negro tem quase nove vezes mais chances de ser assassinado que um jovem branco na Paraíba. Os dados fazem parte do Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência, divulgado nesse domingo (10) pela Secretaria Nacional de Juventude do Governo Federal.

O resultado da Paraíba é o terceiro pior do país, atrás apenas de Alagoas (12,7 vezes mais chances de um negro ser assassinado que um branco) e Amapá (11,9 vezes). De acordo com a pesquisa, a taxa de homicídios de um jovem negro na Paraíba, em 2015, foi de 126,3 por 100 mil habitantes, enquanto do jovem branco foi de 14,2.

Além dos jovens, o estudo mostra que a Paraíba também amarga taxas problemáticas no que diz respeito à realidade social das mulheres negras, que no Estado têm 5,6 vezes mais chances de serem assassinadas que as mulheres brancas. Este é o terceiro pior resultado do país.  Em 26 Unidades da Federação a taxa de homicídios é maior entre as mulheres negras do que entre as mulheres brancas.

* Com Beto Pessoa, do Jornal Correio da Paraíba.
Share:

Balanço Geral - Correio FM 98.1

Confira os principais destaques do dia!

Escute reportagem especial

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias