quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Mais de 50% das mortes em rodovias federais da PB envolvem motos

Nas rodovias federais da Paraíba, mais da metade das mortes registradas em acidentes de trânsito envolvem motocicletas ou ciclomotores. O número de acidentes envolvendo esse tipo de veículo tem se tornado uma preocupação para os órgãos de trânsito e para o sistema de saúde pública brasileiro. Na Semana Nacional de Trânsito, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apresenta dados sobre os acidentes com motos, traz dicas de segurança e as consequências das condutas irregulares.

Este ano foram registrados nas rodovias federais da Paraíba 95 vítimas em acidentes fatais de trânsito. Deste total, 51 mortes envolveram motociclistas ou passageiros das motos, o que representa 53% do total de óbitos registrados. O número de pessoas feridas em acidentes com motocicletas em rodovias federais este ano é de 635 vítimas leves ou graves. Esse número representa 64,33% do total de pessoas feridas em acidentes de trânsito nas rodovias da Paraíba.

Apesar dos números elevados registrados, a quantidade de mortes envolvendo motociclistas diminuiu quando se compara com o mesmo período do ano anterior. Em 2018, de acordo com a PRF, no período de janeiro à primeira quinzena de setembro foram registrados 59 óbitos envolvendo motociclistas ou passageiros de motos. Quando comparado com o mesmo período deste ano, foi registrada uma redução de 13,55% no número de óbitos envolvendo motos.

Muitos acidentes envolvendo condutores de motocicletas ocorrem por imprudência ou até mesmo imperícia. A PRF alerta que o número de motociclistas flagrados dirigindo sem habilitação ou sem usar o capacete reflete diretamente na quantidade e na gravidade dos acidentes envolvendo motos.

“Entretanto, a falta de atenção dos motoristas de veículos maiores também causa graves acidentes envolvendo motos. Trocar de faixa sem os devidos cuidados, não obedecer a regras de preferência de circulação são algumas práticas que comprometem a segurança dos motociclistas”, diz a PRF em comunicado encaminhado à imprensa.

Operação Duas Rodas
Para reduzir o número de acidentes envolvendo motos, motonetas e ciclomotores, a PRF vem realizando desde o início de ano a ‘Operação Duas Rodas’. O foco da ação é a fiscalização de motos, tanto para reduzir acidentes, como para coibir práticas criminosas que utilizam esse tipo de veículo.

Dicas de segurança para motocicletas
A primeira regra que a PRF alerta aos motociclistas é a necessidade de ser devidamente habilitado para conduzir motos ou possuir Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC) para pilotar motonetas ou ciclomotores. O uso de capacete é obrigatório para todos ocupantes. Retrovisores são itens de segurança indispensável. Sempre verifique o sistema de iluminação, pois uma lâmpada queimada compromete a visualização dos demais motoristas.
Share:

Escute reportagem especial

Curta nosso trabalho no facebook