Apoio do MDB à reeleição de Ricardo em 2014 foi comprado por R$ 1 milhão, diz Ministério Público

O apoio do MDB à reeleição do então governador Ricardo Coutinho nas eleições de 2014 foi comprado com parte de uma propina no valor de R$ 1 milhão, segundo revelam as investigações do Ministério Público no âmbito da Operação Calvário. Na decisão que determinou o pedido de prisão de Ricardo Coutinho, o desembargador Ricardo Vital de Almeida cita a deleção premiada de Leandro Azevedo, que detalhou o esquema.

“Estes repasses [no valor de R$ 1 milhão], segundo o colaborador, foram parcialmente utilizados para a compra do apoio político do [então] PMDB junto às eleições de 2014″, diz o desembargador, acrescentando que a compra do apoio revela o esforço da suposta organização criminosa para se manter no poder. Segundo as investigações, outra parte do dinheiro foi utilizada para benefício próprio dos membros da organização.
Reactions