Jovem morre após ser atingido por raio em fazenda na Paraíba

Um jovem de 17 anos morreu, nessa terça-feira (21), após ser atingido por um raio na Zona Rural de Massaranduba, Agreste paraibano. O acidente aconteceu no período da tarde, quando chovia muito na região. A polícia apenas confirmou a ocorrência e não tinha detalhes.

De acordo com dados do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat), vinculado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Massaranduba ocupa a 174ª posição no ranking estadual de concentração de raios.

Estado de atenção

Chuvas intensas atingiram o interior paraibano nessa terça-feira e colocaram 182 municípios em estado de atenção. Existe risco de corte de energia elétrica, queda de árvores, alagamentos e ocorrência de raios. O aviso, divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), fala ainda sobre a possibilidade de rajadas de ventos com intensidade de até 60 km/h. 

Orientações

Inmet pede que moradores de áreas afetadas não se abriguem debaixo de árvores durante as chuvas e não estacionem veículos em locais próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Também é recomendado que se evite usar aparelhos ligados à tomada.
Em caso de emergências, a população deve acionar a Defesa Civil (telefone 199) e o Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Proteção contra raio

Segundo o Elat, o Brasil é o país com maior incidência de raios no planeta. A cada 50 mortes por raios no mundo, uma acontece aqui. São cerca de 110 mortes e mais de 200 feridos por ano em terras brasileiras. Um estudo mostra que 80% das circunstâncias em que acontecem mortes poderiam ter sido evitadas se as pessoas soubessem como se proteger. Uma cartilha com recomendações é disponibilizada pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica. Para adquirir, basta enviar e-mail para elat@inpe.br solicitando o arquivo.
Portal Correio
Reactions