Notícia da hora

terça-feira, 18 de julho de 2017

Passagem molhada construída no Cariri gera polêmica no Estado e prefeito culpa seus opositores

A população de todo o Cariri e até de Campina Grande se viu preocupada nos últimos dias com uma pequena ponte construída no meio do Rio Paraíba, na altura do município de Caraúbas, localizado no Cariri do Estado. A preocupação se deu porque uma imagem que circulou as redes sociais junto a uma informação falsa dava conta de que o prefeito da cidade teria construído uma barragem que impedia a passagem das águas da Transposição. A foto gerou impacto até nas entidades que fiscalizam as águas da Transposição e técnicos da Aesa foram enviados para averiguar a obra.

Na verdade, foi uma passagem molhada a obra construída pela Prefeitura de Caraúbas, que objetivou retirar algumas comunidades rurais que estavam completamente isoladas desde a chegada das águas do São Francisco.

Segundo o prefeito Silvano Dudu, a denúncia deve ter partido de opositores seus, que despreocupados com a população tentaram macular sua administração indo de encontro a uma obra de necessidade de dezenas de famílias. De acordo com o gestor, junto a passagem molhada foram instalados quatro canos grandes que garantem a regular passagem da água seguindo o fluxo do Rio.

Na verdade, desde a chegada das águas da Transposição ao Cariri da Paraíba que a população ribeirinha reclama da dificuldade no acesso a algumas comunidades. O Governo do Estado, que era responsável pelas obras complementares à Transposição, não realizou nenhuma intervenção neste sentido e vários sítios estão sem acesso à sede de suas cidades porque a água passou por cima das estradas.

Os prefeitos já procuraram a Secretaria de Recursos Hídricos do Estado, mas segundo relato da prefeita de São Domingos do Cariri, Inara Marinho, eles sempre transferem responsabilidades para outros órgãos do próprio Governo e solução que é bom nunca ofereceram. Enquanto isso, populares e prefeituras se viram como podem e constroem pontes de madeira, pequenas passagens molhadas, obras em geral sem nenhuma engenharia, apenas para garantir o direito de ir e vir à população.

Uma imagem que ganhou repercussão há algumas semanas foi de uma ponte construída sob o Rio Paraíba pelos populares dos sítios Forquilha do Rio e Pata, localizados no município de Cabaceiras. O pontilhão, construído pelos próprios moradores, foi feito de madeira com troncos de coqueiros e só tem capacidade de transitar motos e pedestres, e muito mal. Uma chuva forte ou maior intensidade de água levam facilmente o pontilhão, mas é somente através de meios como este que a população pode ter acesso às cidades.
Share:

Curta Prefeitura de Assunção

Dicas de Saúde

O Brasil é destaque aqui