segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Bispo afirma em missa que novelas da Globo são ‘demônios dentro das casas’

O bispo Dom Celso Antônio Marchiori, da Diocese de Apucarana (norte do Paraná), foi contundente ao criticar a Rede Globo nesta quinta-feira (12) durante parte do sermão na missa da Padroeira do Brasil e de 300 anos da descoberta da imagem de Nossa Senhora Aparecida, realizada nesta manhã no Ginásio de Esportes Lagoão. O líder religioso não poupou críticas à forma como temas polêmicos, entre os quais pedofilia, aborto e transexualidade, são escancarados nas novelas da emissora, com forte repercussão social.

Dom Celso afirmou incisivamente a milhares de fieis que ‘as novelas da Rede Globo são um demônio dentro dos lares das famílias brasileiras’.

Ele falou ainda sobre a supremacia da Globo no contexto nacional. “Esses dias falei sobre esse assunto com os pastores Valdir e Daniel Acioly.  Disse aos dois – alguém precisa frear essa ditadura de imoralidade da Globo, no que ambos concordaram”, frisou Dom Celso.

O bispo foi muito aplaudido após as afirmações e o monsenhor Roberto Carrara acrescentou ao final da missa. “É preciso que todos os católicos fiquem alerta em relação a uma conspiração mundial contra a família.”

DESCOBERTA DA IMAGEM

O bispo Dom Celso destacou durante a missa que a Igreja Católica comemora nesta quinta-feira os 300 anos da descoberta da imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba,  em Guaratinguetá (SP).

Em 1717, três pescadores – Domingos Garcia, Felipe Pedroso e João Alves – retiraram das águas a imagem da santa, que veio nas redes em dois pedaços: primeiro o corpo e, em seguida, a cabeça. Transformada em Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida representa hoje a principal demonstração de fé dos brasileiros.

MARCOU A HISTÓRIA

“A descoberta da imagem nas águas do Rio Paraíba é um evento que marcou a história não só dos católicos, mas de todos brasileiros. Nossa Senhora Aparecida é uma referência para todo Brasil. Não é um ícone católico simplesmente, mas faz parte da identidade nacional”, finalizou o bispo.
Share:

São Vicente do Seridó firma parceria com a UFCG

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias