Sales Júnior renuncia à Prefeitura de Patos

O prefeito de Patos, Sales Júnior (PRB), renunciou ao cargo, nesta terça-feira (20). A informação foi confirmada ao Portal Correio pela assessoria de comunicação da prefeitura e a carta-renúncia já foi protocolada na Câmara Municipal de Patos.

Conforme a Coordenação de Comunicação, quem assume interinamente a prefeitura é o secretário interino de Finanças, Jonas Guedes, que também é Procurador do Município. Ainda segundo a coordenação, quando Sales retornar à Câmara, não como presidente, vai acontecer uma nova eleição para presidente da Casa. Quem for eleito será o novo prefeito interino de Patos.

Terceiro prefeito em menos de 1 ano

Os imbróglios na Prefeitura de Patos começaram em 2018, quando o prefeito eleito em 2016 na cidade, Dinaldinho Wanderley (PSDB), foi afastado por decisão do Tribunal de Justiça do Estado (TJPB).

Depois desse afastamento, quem assumiu a gestão de Patos foi o vice, Bonifácio Rocha (PPS). No cargo, Bonifácio chegou a falar em “apertar os cintos” da prefeitura, com corte de cargos, por conta da falta de recursos.

Porém, a gestão do vice não durou muito e em abril de 2019, ele renunciou ao cargo. Em carta, Bonifácio alegou que “desagradou gente com interesses não republicanos”. Sales Júnior era o presidente da Câmara e assumiu a prefeitura de forma interina.

“Sales esteve na Câmara protocolando o pedido de renúncia nesta terça (20). Ainda não falei com ele sobre a motivação, mas a gestão vinha caminhando bem. Tivemos um problema na dotação orçamentária e foi enviado um projeto à Câmara há algum tempo, mas isso não foi votado ainda. Então, meio que a Câmara estava travando a prefeitura”, disse Acilene Candeia, coordenadora de Comunicação da prefeitura.
Reactions