Candidato pagou R$ 10 mil para agente fazer prova do concurso da Fundac em seu lugar, diz PM

A Polícia Militar informou que o candidato do concurso da Fundac pagou R$ 10 mil para que o agente penitenciário do Ceará fizesse a prova em seu lugar, neste domingo (27). Jefferson Carlos Souza Lima e Willames Gomes Dos Santos foram levados à Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel, após serem flagrados na faculdade Uninassau, na Avenida Epitácio Pessoa, Bairro dos Estados, na Capital.

A informação do valor pago foi confirmado ao ParlamentoPB pelo capitão Cahuê, do 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM).

Com apoio do Serviço de Inteligência, a Força Tática da PM esteve na Uninassau e flagrou o candidato na calçada. O nome dele foi consultado no sistema policial e ficou constatado que ele estava inscrito no certame.

A PM descobriu que o agente penitenciário estava realizando a prova no lugar do candidato, na faculdade. No local de prova o agente apresentou documentos falsos, segundo a polícia.

parlamento pb
Reactions