53% dos paraibanos com 25 anos ou mais tem menos que o ‘fundamental’

A Síntese de Indicadores Sociais (SIS), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nessa quarta-feira (6), identificou que 53,9% da população paraibana de 25 anos ou mais não tem instrução ou tem apenas o ensino fundamental incompleto.

O documento é resultado da análise das condições de vida da população brasileira em 2018, tendo em vista aspectos como mercado de trabalho e estrutura econômica; distribuição de renda e padrão de vida; e educação. O estudo é baseado, principalmente, em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), de 2012 a 2018.

A proporção de pessoas nessa faixa etária com o ensino superior completo, de 12,3%, é a terceira maior do Nordeste e está acima da média da região, de 11,3%. Com uma taxa de 13,6%, o estado de Pernambuco ocupa a primeira posição, seguido pelo Rio Grande do Norte, com 13,5%. Apesar disso, todos estão abaixo da média nacional, de 16,5%.

Rede pública é fundamental
Na educação básica, a rede pública de ensino é responsável por atender a maior parte da população. Conforme o levantamento, essa rede administrativa atende 64,7% dos alunos da educação infantil, 77,3% do ensino fundamental e 87% do ensino médio.

Entretanto, no ensino superior ocorre uma inversão, com 57,4% dos estudantes concentrados na rede privada.
Reactions